logotipo-artigos

 

 

CURSO DE PILOTO ULTRALEVE (ULM)

 

Porto, 1 de Janeiro de 2019

 

 

 

 

1.    O início do curso está condicionado à existência de um número mínimo de 4 candidatos; 

2.    Os candidatos deverão possuir a escolaridade mínima obrigatória e submeter-se a um exame médico específico; 

3.    O curso é composto por uma parte teórica, que compreende 138 (cento e trinta e oito) horas, e outra parte prática, de 30 (trinta) horas de voo; 

4.    As aulas teóricas terão lugar na sede do Clube, Rua da Bainharia, 23 - 4050-083 Porto, as aulas práticas decorrerão no Aérodromo de Vilar de Luz – Maia. 

5.    A duração estimada do curso é cerca de 12 meses, dependendo da disponibilidade dos alunos, instrutores, condições atmosféricas e aeronaves; 

6.    O início da parte prática fica condicionado à aprovação do FORMANDO em, pelo menos, um caderno, nos exames efectuados pela ANAC; 

7.    O FORMANDO obriga-se a frequentar todas as aulas sendo que o máximo permitido de faltas é de 10 (dez) por cento do total de horas das mesmas; 

8.    O custo total do Curso é de 4.700,00€ 

9.    Este valor inclui: 

       a)   Elaboração de todo o processo do curso e aprovação pela ANAC; 

       b)  Caderneta para registo dos voos e respectivos registos; 

       c)   Emissão do Cartão de Aluno (1ª vez); 

       d)  O fornecimento das horas descritas; 

       e)   Manuais do curso; 

       f)   Manual da aeronave utilizada para os voos; 

       g)   “Check-List” da aeronave utilizada para os voos;  

       h)  Pagamento dos exames teóricos na ANAC (só a primeira vez); 

       i)   Emissão da Licença de Tripulante. 

10.  Este valor não inclui: 

a)   Exame médico, emissão de Certificado Médico (ANAC); 

b)  Material de navegação (carta VFR, “plotter”, calculador e prancheta); 

c)   Voo de exame e examinador. 

11.  Condições de Pagamento: 

       a)  Valor a definir no acto da inscrição; 

       b)  Valor remanescente a dividir pelos restantes 11 meses; 

       c)   O pagamento total das prestações nunca poderá ultrapassar a data do voo de exame práctico, caso este ocorra antes dos 12 meses.